Anastasia visita Cataguases e diz que “os municípios mineiros estão sendo humilhados” pelo atual governo de Minas

Senador Antônio Anastasia. Foto: Anderson Moura - Site Rota 33

O candidato ao governo do Estado pela coligação Reconstruir Minas, líder nas pesquisas com 33% de intenção de votos, segundo o Datafolha, o senador Antônio Anastasia (PSDB), esteve na tarde desta quinta-feira, 20 de setembro, em Cataguases,  acompanhado do deputado federal  e candidato a reeleição Rodrigo de Castro  (PSDB)  e do também deputado federal e candidato ao Senado Rodrigo Pacheco (DEM), em um encontro político que teve como anfitrião o prefeito de Cataguases, Willian Lobo de Almeida (PSDB).

O encontro que aconteceu no espaço de festa do Manto Verde reuniu centenas de pessoas entre prefeitos, vereadores, candidatos a deputado estadual e federal, lideranças políticas, religiosas e comunitárias da região.

Anastasia, em seu discurso que durou pouco mais de vinte  minutos,  não poupou criticas ao atual governador Fernando Pimentel (PT), candidato a reeleição e seu principal adversário na corrida ao Palácio da Liberdade.

“A situação de Minas Gerais é muito grave. Os municípios mineiros estão sendo massacrados, pisoteados,  humilhados e desrespeitados pelo atual governo que aí está. É preciso dar um basta a este desgoverno. Não é possível que isso continue acontecendo. Os prefeitos estão tendo que fazer grandes esforços para cumprir seus compromissos junto aos servidores e a população. Aqui em Cataguases a divida já soma 15 milhões. Em Muriaé 52 milhões. Nas Santas Casas a dívida passa de 1 Bilhão. Essas dívidas já se acumulam em valores expressivos por todo estado.  Já não há nenhum convênio do IPSEMG mais no interior do estado. Estamos vivendo um caos”, disse Anastasia.

O senador Antonio Anastasia reafirmou que, se  eleito, vai precisar de tempo e compreensão dos prefeitos para normalizar os repasses aos municípios e deve gastar pelo menos metade do eventual mandato para deixar as finanças de Minas normalizadas. Ele também disse aos prefeitos presentes que a caótica situação dos cofres do estado deve fazer com que o parcelamento do salário dos servidores siga ainda sendo feito no início do novo governo.  

O candidato ao Senado por Minas deputado federal Rodrigo Pacheco (DEM), que também esteve presente ao encontro, disse que a população do Estado precisa rejeitar, por meio do voto, políticos que visam somente “projetos de poder e de partido”. “Temos que desbancar pessoas que só têm projeto de poder, pessoas que só têm projeto de partido político e que não pensam em Minas Gerais, porque nunca estiveram aqui como nós estamos, percorrendo as estradas, visitando as cidades, não importa o tamanho”, declarou Pacheco.

Corrida eleitoral em Minas Gerais.

A pesquisa Datafolha sobre as eleições em Minas, divulgada nesta quinta-feira (20), mostra que o candidato do PSDB, Antônio Anastasia, mantém a liderança com 33% dos votos pesquisados, seguido pelo governador Fernando Pimentel (PT) com 23%.

A pesquisa também demonstra que o maior índice de rejeição é o de Pimentel, com 38%. Anastasia tem 26%. Numa simulação para o segundo turno, o tucano venceria com 43% contra 33% do petista.

Agenda de compromissos

O senador visita quatro municípios nesta sexta-feira (21). Ele vai cumprir agendas em Juiz de Fora e Santos Dumont, na Zona da Mata mineira, e Caratinga e Manhuaçu, na região do Rio Doce.

 

 

 

 

 

 

Be the first to comment on "Anastasia visita Cataguases e diz que “os municípios mineiros estão sendo humilhados” pelo atual governo de Minas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*