Lacerda não aceita determinação nacional e reafirma candidatura ao governo de Minas

Ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda.

O ex-prefeito de Belo Horizonte Márcio Lacerda enviou áudio à imprensa nesta quinta-feira (2) reafirmando sua candidatura ao governo de minhas e convocou apoiadores para a convenção do PSB marcada para sábado (4).

“Não concordei com essa posição [de retirá-lo da disputa ao governo estadual]. E refletindo hoje, dialogando com companheiros mais próximos, decidi manter a minha candidatura. E, para isso, é muito importante que todos os delegados e todos os apoiadores compareçam à convenção do PSB”, disse.

No áudio, Lacerda aponta que a direção nacional requer resolução da executiva nacional para impedir uma candidatura. O ex-prefeito afirmou que, inclusive, ele faz parte da executiva, que tem mais de trinta membros. “Não tem, até agora, nenhuma manifestação formal da direção nacional enviada à direção estadual, que, inclusive, já manifestou a discordância contra essa intervenção”, comentou ele.

Ainda ontem o PSB anunciou aliança com o PT, o que inviabilizaria a candidatura de Lacerda à corrida pelo Palácio da Liberdade, tendo em vista que o governador Fernando Pimentel sinalizou que tentará a reeleição.

Confira a transcrição do áudio na íntegra:

“Olá, pessoal. É Márcio Lacerda, todos devem ter tomado conhecimento dos fatos ocorridos ontem de uma decisão da direção nacional do PSB de intervir no processo eleitoral em Minas Gerais, retirando a minha candidatura ao governo do Estado, determinando apoio ao PT. Conforme foi divulgado e eu fiz uma carta pessoal sobre isso, não concordei com essa posição. E refletindo hoje, dialogando com os companheiros mais próximos, decidi manter a minha candidatura.

E, para isso, é muito importante que todos os delegados e todos os apoiadores compareçam à convenção do PSB no próximo sábado no Hotel Boulevard, no início da manhã, na Savassi. A posição será de manter a candidatura. A direção nacional, para impedir a candidatura, precisa de uma resolução da executiva nacional, que são mais de trinta membros e eu, inclusive, faço parte dela.

Não tem, até agora, nenhuma manifestação formal da direção nacional enviada à direção estadual, que, inclusive, já manifestou a discordância contra essa intervenção. Então, dialogando com os partidos aliados, com os companheiros, para manter a nossa disposição e de fazer as alianças que foram negociadas e que serão submetidas a cada uma das convenções até o fim de semana. Estaremos todos também, os delegados eleitos, em Brasília no domingo reafirmando a nossa posição”.

Be the first to comment on "Lacerda não aceita determinação nacional e reafirma candidatura ao governo de Minas"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*