Recreio tem dia de protestos de servidores em frente a prefeitura.

O município de Recreio amanheceu nesta quarta-feira, 4 de junho, com o chamado de “vem pra rua que a luta continua” e  “o servidor não é bobo não”, convocando a população local  para aderirem à manifestação dos trabalhadores da prefeitura municipal indignados com o descaso do prefeito José Maria André de Barros, que insiste em não atender as reivindicações dos servidores públicos municipais.

Os trabalhadores iniciaram as manifestações em frente a sede base do Sindicato dos Servidores Públicos das Prefeituras Municipais de Cataguases, Astolfo Dutra, Santana de Cataguases, Itamarati de Minas, Dona Euzébia, Recreio e Ubá (SINSERPU), na rua Tenente Joaquim Pereira, nº 163,  por volta das 08:00 horas, indo em direção a sede do executivo municipal, onde permaneceram durante toda manhã.

Durante a manifestação os líderes sindicais liderados pelo presidente do SINSERPU, Carlos Silvério de Oliveira (foto ao lado),  se revezaram ao microfone do carro de som estacionado em frente a prefeitura reivindicando o ajuste salarial anual, melhorias nas condições de trabalho dos servidores municipais, ticket alimentação, equipamentos de proteção individual, revisão da insalubridade.

O presidente do SINSERPU, Carlos Silvério, informou à nossa reportagem que já enviou ao prefeito a pauta de reivindicações dos servidores e que até o presente momento o gestor municipal  nega-se a atende o que foi aprovado pela categoria em assembleia geral.

“Nos do sindicato estamos aqui apoiando esta manifestação por entendermos que estes trabalhadores,  que fazem a máquina administrativa funcionar quando estão prestando seus serviços nas escolas, nos postos de saúde, no cemitério, na capina, no almoxarifado, em fim nos diversos setores da administração, não estão sendo valorizado justamente por aquele que é o servidor mais bem pago da prefeitura que o prefeito municipal. E  que só está no cargo por que estes servidores e população recreense, através do processo democrático das eleições, permitiram que ele ali chegasse. Não estamos pedindo coisas exorbitante. Estamos pedindo somente o básico. Queremos que o prefeito cumpra o que foi acordado com a categoria antes da eleição. O que o servidor deseja da atual administração é o reajuste salarial merecido e valorização, disse Carlos Silvério, presidente do SINSERPU.

Carlos Silvério também informou que a paralisação de 1 dia foi aprovada por unanimidade pelos servidores em assembleia geral com o Sinserpu e que o movimento irá continuar até que o prefeito venham atender as solicitações dos servidores da prefeitura de Recreio.

A Diretora Regional do Sinserpu, Luciana Pimentel, disse que muitos trabalhadores deixaram de participar da paralisação por medo de retaliação e intimidações.

Também participaram das manifestações os advogados do SINSERPU, Cristiane Aparecida Pereira Pinto, e Thomaz da Silva Vargas de Faria.

Nossa reportagem, que esteve na sede da prefeitura para falar com o prefeito municipal foi informada que ele não se encontrava em seu gabinete no momento da manifestação. A Secretária Municipal de Administração, Daniela Cerqueira de Oliveira Cardoso, não se manifestou sobre o movimento dos servidores por ordens do prefeito José Maria de Barros.

 

Be the first to comment on "Recreio tem dia de protestos de servidores em frente a prefeitura."

Leave a comment

Your email address will not be published.


*