Professores da rede municipal de ensino em Itamarati de Minas ameaçam paralisar suas atividades.

Foto: Anderson Moura/Site Rota 33

Os professores  da rede municipal de ensino de Itamarati de Minas decidiram em Assembleia Geral, realizada na última terça-feira, 29 de maio, que irão fazer uma manifestação com “apitaço” e “passeata” pelas ruas do centro da cidade convocando a população para que tome conhecimento da realidade do ensino público no município e as condições de trabalho enfrentadas dentro da sala de aula.

Frustrados com as negociações do Acordo Coletivo de 2018, os professores da rede municipal de ensino de Itamarati de Minas, propuseram paralisar suas atividades para demonstrar a indignação dos profissionais da educação contra o não cumprimento do Termo de Compromisso, assinado pelo prefeito Hamilton de Moura Filho, que recusa conceder o reajuste salarial anual da categoria.

Professores Manifestam no Plenário da Câmara Municipal no dia 15.05

O descontentamento dos professores com a gestão do prefeito Hamilton Moura, em relação ao reajuste anual dos professores foi tema de debate no dia 15 de maio, na sessão ordinária da Câmara Municipal de Itamarati de Minas, onde os educadores expuseram para os vereadores as condições por que passam os profissionais da educação como a falta de material, carga horária excessiva, e diminuição de turmas.

As manifestações estão previstas para acontecer assim que normalizar a greve dos caminhoneiros para evitar manobras políticas e a interpretação errada do movimento.

Uma nova Assembleia Geral Extraordinária será convocada para o dia 12 de junho, onde serão tratados  tanto os termos da manifestação a possibilidade de “estado de greve” dos professores municipais.

Os professores pretendem ainda enviar ao Executivo uma “carta de repúdio” com o termo de compromisso assinado pelo prefeito junto à categoria.

Diretoria do Sinserpu em Assembleia com os professores no dia 29.05

O presidente do SINSERPU, Carlos Silvério Silva Oliveira, que esteve presente na assembleia geral, acompanhado do assessor jurídico Dr.Ivan Eugênio, e da diretora sindical Roseni Morais, penhorou seu apoio ao movimento dos professores.

 

Be the first to comment on "Professores da rede municipal de ensino em Itamarati de Minas ameaçam paralisar suas atividades."

Leave a comment

Your email address will not be published.


*