Confirmado o primeiro caso de óbito por Febre Amarela em Humano em Leopoldina.

No dia 18 de abril, a Secretaria Municipal de Saúde de Leopoldina obteve a confirmação do primeiro óbito por febre amarela em humano em Leopoldina. Logo após receber a notícia, a secretária municipal de saúde, Lucia Gama, comunicou sobre o fato ao Prefeito Municipal, José Roberto de Oliveira, e o mesmo autorizou todas as medidas necessárias para o pleno e efetivo enfrentamento da situação.

A secretária e a Coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Maria Emilia Teixeira Guimaraes, convocaram representantes de todas as unidades de saúde do município e do programa de combate a endemias para uma reunião visando a elaboração das ações a serem implementadas.

O Ministério da Saúde sugere o diâmetro de 1km da localidade do óbito para varredura e vacinação casa a casa, porém, foi decidido para os primeiros dias a realização desse primeiro diâmetro, e após a conclusão, o avanço do diâmetro para 2km do domicílio onde ocorreu o óbito, visando uma maior efetividade na ação de bloqueio.

O Setor de Epidemiologia também informa que não há certeza de que o caso foi contraído no município, uma vez que a vítima do óbito viajava com frequência. Assim, a Secretaria Municipal de Saúde pede o apoio da população para enfrentarmos mais esta batalha juntos!

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura Municipal de Leopoldina

Secretaria Municipal de Governo

 

Be the first to comment on "Confirmado o primeiro caso de óbito por Febre Amarela em Humano em Leopoldina."

Leave a comment

Your email address will not be published.


*