Obras para tratamento de esgoto ganham as ruas de Leopoldina.

O sistema de esgotamento sanitário constitui-se no conjunto de obras, levantamentos, instalações e serviços destinados a coletar, tratar e afastar os esgotos dos córregos, tendo como principal objetivo a disseminação da saúde pública e a conservação do meio ambiente. O saneamento básico é requisito para a saúde humana, entre as ações que compõem os serviços de saneamento, o esgotamento sanitário é digno de destaque.

As obras de saneamento que incluem a construção da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE, iniciaram esta semana, sua fase topográfica. Quem passa pela região do bairro São Cristóvão, já pode observar em suas ruas, uma equipe relacionada aos trabalhos de “topografia de locação e nivelamento”. Esse trabalho, segundo o seu responsável técnico, consiste nos serviços de locação e pesquisa de interferências que possam ocorrer nos pontos onde serão iniciadas as escavações para a implantação da tubulação responsável pelo recolhimento do esgoto, retirando- o do córrego, e direcionando-o até a ETE, já em construção.

Esse levantamento inicial, consiste na demarcação dos pontos representativos da distância entre os outros pontos na rede, ou seja: poços de visita, terminais de inspeção e limpeza e as caixas de passagens. Bem como, a localização de tubos, cabos de eletricidades e de internet, entre outros elementos ou estruturas existentes, que estejam na área a ser atingida pela escavação ou próximo dela. Esses pontos identificados, estão sendo demarcados com tinta, para garantir a localização das unidades do sistema.

Be the first to comment on "Obras para tratamento de esgoto ganham as ruas de Leopoldina."

Leave a comment

Your email address will not be published.


*