Horário de verão será mais curto a partir de 2018

A mudança encurtará em 15 dias o horário de verão.

O presidente Temer editou um decreto que foi publicado ontem (18), no “Diário Oficial da União”  para reduzir a duração do  horário de verão, transferindo de outubro para novembro a partir do ano que vem.

A redução atende a pedido do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, que solicitou a mudança na vigência do horário de verão de 2018 por causa das eleições. Segundo o tribunal, a medida facilitará a apuração dos votos, uma vez que o país não terá uma diferença tão extensa de fusos horários. O primeiro turno da eleição de 2018 será dia 7 de outubro e o segundo, dia 28 do mesmo mês.

Atualmente, adotam o horário de verão os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná, Santa Catarina, Goiás, e Distrito Federal.

Com a mudança o horário de verão em 2018 começará em 4 de novembro, um fim de semana após o segundo turno das eleições, marcado para 28 de outubro. O encerramento está previsto para continuar no terceiro domingo de fevereiro.

Fim do horário de verão

O fim do horário de verão chegou a ser analisado pelo governo.

Um estudo do Ministério de Minas Energia apontou queda na efetividade da iniciativa, já que o perfil do consumo de eletricidade não estava mais ligado diretamente ao horário, mas sim à temperatura. Os picos de consumo foram registrados nas horas mais quentes do dia.

 

 

Be the first to comment on "Horário de verão será mais curto a partir de 2018"

Leave a comment

Your email address will not be published.


*